JOGOS PARAPAN-AMERICANOS – Jogadores se apresentam e iniciam trabalhos no Centro Paralímpico Brasileiro, com uma baixa na equipe

13/08/2019 16:30

Maria Luiza Passos fraturou a clavícula e está fora da disputa em Lima; Comissão técnica tenta a inscrição de uma nova atleta

FOTO: Maria Luiza Passos não disputará o Parapan. Foto: Daniel Zappe.

 

São Paulo (SP), 13 de agosto de 2019.

Por: Assessoria de Comunicação - CBTM

A Seleção Brasileira paralímpica de tênis de mês iniciou nesta semana os trabalhos finais de preparação para os Jogos Parapan-Americanos, que acontecem em Lima, no Peru, a partir do dia 23. A equipe treina durante toda esta semana, para depois seguir para a capital peruana.

O técnico Paulo Molitor teve uma baixa no grupo de 30 atletas para o torneio. Maria Luiza Passos, 68 anos, da classe 5, sofreu uma fratura na clavícula na semana passada e foi cortada da competição. Com isso, a comissão técnica corre para tentar inscrever uma outra atleta no seu lugar, dependendo de trâmites burocráticos.

“Foi uma situação totalmente inesperada, mas falta apenas resolver a questão de credenciamento para podermos anunciar oficialmente o novo nome”, disse Molitor, que fez trabalhos leves no primeiro dia com o grupo no CT Paralímpico: “Aproveitamos o primeiro dia para reunir todo o grupo e repassar informações importantes sobre o evento”.

Os atletas foram divididos em cadeirantes e andantes e estão treinando duas horas de manhã e de tarde até quinta-feira. O dia de sexta será livre para resolver problemas pessoais e aprontar os últimos detalhes para a viagem.

A partir desta quarta-feira, a comissão técnica começa a testar as formações da disputa de equipes. Segundo Molitor, todo o processo já foi desenhado, faltando ajustes que serão feitos nos dois próximos dias.

“Logicamente, já temos tudo formatado na nossa cabeça, mas vamos definir na prática como vai funcionar. São equipes de dois e três atletas, portanto precisamos fazer mais testes”, avisa o treinador.

Confira a lista dos atletas que fazem parte da delegação do tênis de mesa brasileiro para os Jogos Parapan-Americanos:

  • Classe 2 Feminino – Cátia Oliveira e Carla Maia.
  • Classe 3 Feminino – Marliane Santos e Thais Severo.
  • Classe 4 Feminino – Joyce Oliveira.
  • Classe 6-7 Feminino – Millena França e Aline Ferreira.
  • Classe 8-10 Feminino – Danielle Rauen, Jennyfer Parinos e Lethícia Lacerda.
  • Classe 1 Masculino – Conrado Contessi e Aloísio Lima.
  • Classe 2 Masculino – Iranildo Espíndola e Guilherme Costa.
  • Classe 3 Masculino – Welder Knaf e David Freitas.
  • Classe 4 Masculino – Ecildo Lopes, Alexandre Ank e Eziquiel Babes.
  • Classe 6 Masculino – Goutier Rodrigues
  • Classe 7 Masculino – Paulo Salmin
  • Classe 8 Masculino – Luiz Filipe Manara e Francisco Wellington.
  • Classe 9 Masculino – Lucas Carvalho, Guilherme Ifanger e Ramon Colombo.
  • Classe 10 Masculino – Claudio Massad, Carlos Carbinatti e Diego Moreira.

 

FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO

Assessoria de Comunicação da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa - CBTM

Claudia Mendes – claudia@fatoeacao.com

Nelson Ayres – nelson@fatoeacao.com

imprensa@cbtm.org.br

fatoeacaocomunicacao@gmail.com

 

Siga a CBTM nas redes sociais:
 
FACEBOOK:
 www.facebook.com/cbtenisdemesa

TWITTER: www.twitter.com/cbtm_tm

INSTAGRAM: @cbtenisdemesa